Forma de Operação

O XTERRA não pretende substituir o Subscritor de Riscos ou o Analista de Seguros.

Esses profissionais detém o conhecimento da análise das informações do Risco ou da Carteira de Riscos bem como da Distribuição de Sinistros mais adequada, que são fundamentais para a justa precificação.

O XTERRA opera em cinco passos:

Passo 1 – Definição do Risco ou da Carteira de Riscos

Como primeiro passo deve-se definir se o cálculo se refere a um único risco ou a uma carteira de riscos.

Preenchidas as informações solicitadas, se o cálculo for somente para um risco, o sistema irá diretamente para o Passo 3.

Caso a análise seja de uma Carteira de Riscos, irá para o passo 2.

Notar que em caso de contratos “Risk Attaching” o EPI preenchido deve ser referente ao prêmio emitido, caso seja “Losses Occuring” o EPI deve ser referente ao prêmio ganho.


PASSO 2 – Definição da Distribuição de Riscos da Carteira

Neste passo, só existente para cálculo envolvendo uma Carteira de Riscos, deve-se preencher a tabela de distribuição de riscos, definindo o perfil da Carteira.


Ao clicar em “Atualizar” o XTERRA apresentará a Curva de Riscos da carteira.

Leitura: 81,85% do número de riscos são de valores menores que 11% do valor do maior risco.


Passo 3 – Definição da Curva de Distribuição de Sinistros

O terceiro passo é a escolha da Curva de Distribuição de Sinistros a ser utilizada.

Para isto, basta clicar em “Curvas” e definir a escolha.


Caso haja preferência em utilizar curva própria, basta clicar em “Editar” e preencher o quadro de Distribuição de Sinistros.


Ao clicar em “Atualizar” o XTERRA apresentará a Curva de Distribuição de Sinistros.

Leitura: 68,68% do número de sinistros são de valores menores que 22% do valor do risco.


Passo 4 – Precificação

Com a informação do Risco ou da Carteira de Riscos e escolhida a Curva de Distribuição de Sinistros, clicando em “Calcular” o XTERRA fornece a proporção de prêmio adequado para arcar com os custos dos sinistros alocados em qualquer faixa determinada.

Por exemplo:

Leitura: 3,0752% do prêmio deve ser alocado para as Resseguradoras que ficarem com o montante dos sinistros alocados
na faixa entre de 30% e 70% do maior sinistro possível.


Passo 5 – Reintegrações

Adicionalmente, o sistema proporciona taxas ajustadas de acordo com o número e o custo de reintegrações negociadas.